Promover a discussão sobre a preservação dos recursos naturais, a sustentabilidade na produção de alimentos e a erradicação da fome. É com essa proposta que o Mato no Prato realiza de 28 de outubro a 1º de novembro o 1º Encontro Internacional da Comida Biodiversa.

Durante cinco dias, pesquisadores, profissionais e pessoas engajadas com o tema se encontram em bate-papos, mesas e palestras com grades nomes da área que atuam no Brasil e em outros países.

Segundo Beatriz Carvalho, do Mato no Prato, o evento vai promover a troca de conhecimentos e experiências, desde os processos de produção dos alimentos até as práticas culinárias que fazem parte da nossa história e memória ao redor da mesa.

“Vai ter diálogo sobre comida, cultura e biodiversidade. Com isso queremos consolidar uma cultura alimentar sustentável, que fortaleça estratégias de combate à fome, sem esquecer da preservação das nossas heranças e riquezas naturais”, afirma Beatriz.

Quem abre a programação no dia 28 é o chef Eudes Assis, do Taioba Gastronomia, às 10h. A programação desenrola com pesquisadores da Holanda, Bélgica, Colômbia, México e, claro, institutos e instituições nacionais. O encerramento, no dia 1º de novembro, será sobre Agroecologia, Agrofloresta e PANC, com Valdey Kinupp do IFAM (Instituto Federal do Amazonas).

Todas as atividades serão online, gratuitas e transmitidas no Youtube, Facebook e Instagram do Mato no Prato. Inscrições e a programação completa estão no site matonoprato.com.br/comida-biodiversa/

Deixe uma Resposta

quatro × três =