Imagem de LEEROY Agency por Pixabay

Boa quinta, pessoal! Primeiro de tudo quero agradecer a todos que, em 2020, tiraram algum tempo do dia para ler e colocar em prática aquilo que tratamos neste
espaço.

A ideia sempre foi essa: de trocar experiências e ajudar cada um nos
desafios que vinham se apresentando.

Hoje, como nossa primeira ideia para 2021, quero falar sobre
atendimento. As pessoas estão carentes. Em 2020, o isolamento social colocou a prova o
famoso “carinho” tão conhecido pelos brasileiros.

Logo na reabertura gradual, o que vimos foi uma enxurrada de pessoas
lotando bares e restaurantes em todo o Estado em busca de confraternização e acolhimento. Os estabelecimentos, por sua vez, tiveram a árdua tarefa de replanejar
seu espaço, aderir a mudanças cada vez mais duras e – claro – proteger
funcionários.

No entanto, em 2021, o cenário é diferente e incerto. De um lado, aumento dos casos, de outro, a proximidade da vacina. De um lado, a vontade latente da população em voltar para “vida normal”, de outro, a preocupação com o futuro.

Uma coisa é certa, 2021 é o ano do atendimento. O cliente quer, o restaurante precisa! Garçons com atendimento rápido, que tratem bem, cozinha veloz e qualidade que o cliente já conhece. Isso é o que fará, com certeza, que nos seguremos, mais uma vez, em um ano com tantas incertezas.

Qualquer dúvida, já sabe… meu instagram é @victorcopola e é só chamar!

Deixe uma Resposta

2 × cinco =