Além dos gatos, sempre fui fã de todos os animais. O engraçado é que: nunca havia me questionado – de verdade – sobre a minha alimentação. Depois de conversar com alguns amigos veganos, eu, fã assumida de hambúrguer, decidi aceitar o desafio: 60 dias sem comer carne e, pro resto da vida sem comer alguns alimentos específicos, rs.

“MAS…O QUE VOCÊ COME?”

Descobri que essa é a pergunta que todo vegano/vegetariano escuta. O tempo todo. E acredite, dá pra comer muita coisa!

Atualmente, estima-se que no Brasil, cerca de 14% da população é vegetariana. Para quem já está habituado a uma alimentação saudável, é simples: basta tirar a carne do prato. O que sobra são verduras, legumes e grãos.

Honestamente, achei que seria mais difícil. Por sorte, já existem milhares de receitas para quem deseja seguir esse estilo de vida. Tanto nos aplicativos, como nos restaurantes, encontrei pelo menos uma opção nos cardápios. No primeiro mês, não consumi nada de origem animal. No segundo, o leite (e derivados).

Claro que, para uma viciada em hambúrguer, abrir mão foi a pior parte. Por outro lado, encontrei bons substitutos:

McVeggie R$ 33,00 (McDonalds);

VeggieBurger R$ 25,90 (BurgerKing).

Veggie Blue Cheese Burger R$ 44,00 (Outback);

Em relação aos preços, são bem parecidos e acessíveis com o que já estamos acostumados.

Por fim, achei uma experiência incrível. Descobri um universo cheio de documentários, artigos e amor ao meio ambiente! Sigo me alimentando da melhor forma possível durante a semana! Já aos sábados, é o meu dia oficial do hambúrguer! 🙂

Beijos e vejo vocês em breve!

Compartilhar
Post AnteriorMoringa Mantiqueira revela o melhor da região
Próximo PostBacco: rodízio com ares da Toscana
Gabi Françoso
Gabi Françoso é jornalista que gosta de comer hambúrguer dia sim e outro também. É fã de gatos e tem alma de blogueirinha nas horas vagas: às vezes de moda, às vezes de beleza, mas sempre de comida.

Deixe uma Resposta

11 + catorze =