Chef Rodrigo Oliveira no Viva Mantiqueira, em São Francisco Xavier. Foto: Muriqui Criativo
  1. Chegou pra ficar

Várias casas abriram as portas na região em 2019. Entre elas o Habak, em São José dos Campos, especializado em comida árabe (síria), e o Moringa Mantiqueira, em Campos do Jordão, que conquistou o público por apostar nos ingredientes regionais e na cozinha caipira com um toque moderno.

  1. Pizza tradizionale

Queridinhas dos brasileiros, as pizzas ganharam reforço na região. Em São José dos Campos, duas casas se destacaram por apostar em receitas tradicionais: a Forneria Romana, comandada pelos italianos Antonio Oteri e Riccardo Pace, e a Donna Carmela, que homenageia a matriarca da família de Simone Estácio, esposa do empresário Roberto Augusto do Reis.

  1. Protesto com Banquetaço

Chefs, cozinheiros, nutricionistas e entusiastas da alimentação e da gastronomia de toda a região se reuniram para preparar um grande banquete em São José dos Campos. Com a mesa cheia de comida de verdade, servida de graça para a população, o grupo protestou contra o fim do Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Consea) e manifestou apoio a produção de alimentos agroecológicos.

Protesto contra extinção do CONSEA: comida de verdade de graça para população
  1. Bodas de Pérola

Um dos festivais gastronômicos mais tradicionais da região, a Festa da Colônia Italiana de Quiririm completou 30 anos e mostrou que ainda mantém uma relação sólida com o público. Muito se especula sobre a volta do fundador Deminho Canavezzi à organização da festa. Será que em 2020 a festa volta às origens?

  1. Descobertas

O ano de 2019 também foi marcado por boas descobertas. No Shopping para Todos, no centro de São José, o Cine Lanches com um sanduíche de pernil de fazer salivar o mais exigente dos paladares. E na avenida Adhemar de Barros, a casa que se tornou uma das minhas favoritas na região: Bahia no Vale, com um acarajé e uma moqueca que não deixa a desejar.

  1. Premiados

Marcas da região fizeram bonito em concursos nacionais e mundiais. De Pindamonhangaba, a queijaria Bolderini voltou do Mundial do Queijo, realizado em Araxá, com um ouro para o queijo Malacaxeta, além de duas pratas e um bronze. De São José, a Mio Gelato e Café ganhou uma vaga na final nacional do Gelato Festival Challenge e vai concorrer a uma vaga na final mundial que acontece na Itália, em 2021.

  1. Vegetariano

O mercado vegetariano e vegano também ganhou mais força no Brasil e na região. O Futuro Burger, à base de plantas, mas com textura e sabor muito próximo da proteína animal, deu o que falar e virou aposta de várias casas na região. Outros exemplos de investimento no mercado foi a abertura do Dom Vegano no Vale Sul, primeira casa 100% vegana dentro de um shopping, e do restaurante da Hora do Pote, na Vila Ema, em São José, com sua cozinha afetiva.

  1. De casa nova

Há 22 anos na mesma esquina, o Petrone se despediu da Vila Ema, em São José. Uma das casas mais tradicionais da cidade tem novo endereço na Vila Rubi, num espaço mais moderno na esquina da rua Santa Elza. O cardápio ainda aposta em receitas consagradas do Magrão, como a feijoada, a moqueca, o bobó e o saboroso bacalhau à portuguesa.

Petrone ganhou novo endereço em São José
  1. Viva Mantiqueira

São Francisco Xavier parece ter descoberto sua verdadeira vocação. O distrito de São José foi palco da primeira edição do Viva Mantiqueira em 2019. O festival gastronômico aproximou o público dos produtores rurais e evidenciou o talento de chefs e cozinheiros de restaurantes locais. A qualidade dos produtos e serviços chamou a atenção do chef Rodrigo Oliveira, um dos convidados do evento.

  1. Coworking Gastronômico

Apontado com uma das tendências para 2020, os coworkings gastronômicos já são uma realidade na região. Quem apostou no conceito em São José dos Campos foi a chef Thais Okamoto. O espaço no Jardim das Indústrias reúne produção de pães artesanais, empório de peixes e frutos do mar, Kombucheria e café, além de cursos e eventos gastronômicos.

Compartilhar
Post AnteriorO Tesouro do Baú
Próximo PostTendências gastronômicas para 2020
Avatar
Jornalista, apaixonado por gastronomia e ainda mais por comer! Idealizador do Degusta Vale e editor do portal.

Deixe uma Resposta

quinze + dezesseis =